Postagens

Mostrando postagens com o rótulo ECONOMIA

IMPOSTO DE RENDA - CUIDADO COM O LEÃO

Imagem
Receita começa a receber declaração de Imposto de Renda 2009

A Receita Federal começa a receber nesta segunda-feira (2) as declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) As pessoas físicas que passaram à condição de residentes no Brasil em 2008, ou 2009, ano-base 2008. O governo espera receber, até 30 de abril, 25 milhões de declarações. O contribuinte que não entregar a declaração no prazo ficará sujeito a multa mínima de R$ 165,74.
Especialmente para quem vai fazer a declaração completa, a dica de especialistas é reunir os documentos necessários para o preenchimento. Os contribuintes devem ter o CPF ou CNPJ dos prestadores de serviço em atividades dedutíveis - como saúde e educação, por exemplo - para agilizar o trabalho.
Para quem vai fazer a declaração simplificada, o cálculo da dedução é padrão, limitado a R$ 12.194,86. Quem estiver em dúvida qual opção é mais vantajosa pode fazer a comparação no programa da Receita Federal.

Quem declara
São obrigadas a apresentar o documento as…

Dólar fecha em R$ 2,47 sendo o maior valor desde 2005

Imagem
A cotação do dólar comercial avançou 3,47% nesta quarta-feira e fechou em R$ 2,475, maior valor desde junho de 2005. O movimento foi puxado por uma forte saída de recursos num dia volátil, disseram analistas. Na semana, o câmbio acumula alta de 6,68%; no ano, de 39,28%. "Continua fluxo muito forte de saída do país, fazendo com que a cotação tenha subido ontem. Hoje, os mercados (acionários globais) estão negativos e ainda existe a expectativa de um monte de números nos EUA", afirmou, durante o pregão, Rodrigo Nassar, gerente da mesa financeira da Hencorp Commcor Corretora.

Segundo o BC, o Brasil sofreu em novembro a maior fuga de dólares em quase dez anos. A saída da moeda americana superou a entrada em US$ 7,159 bilhões em novembro.

Fonte: uol.com.br

Dólar abre em alta nesta quarta-feira (12.11.2008)

Imagem
O dólar comercial opera em alta na abertura dos negócios nesta quarta-feira (12). Às 9h34, a moeda subia 0,35%, vendida a R$ 2,2330.Na terça (11), o dólar seguiu o clima pessimista dos mercados financeiros mundiais e registrou alta de 1,50%, em um pregão onde operou com valorização desde o início dos negócios. Ao final da sessão, a moeda americana terminou cotada a R$ 2,225. Ao longo do dia, a preocupação com os efeitos da crise no desempenho de grandes empresas como a montadora GM e a seguradora AIG levou a maioria dos mercados mundiais a registrarem perdas. Segundo analistas, o temor dos agentes financeiros é que a crise financeira esteja se repercutindo na economia real. Bolsas Nesta quarta, as bolsas européias operam sem direção definida, alternando entre leves altas e baixas na expectativa de novos indícios sobre os impactos da crise na economia real. O mercado volta a centrar as atenções aos impactos da crise de crédito sobre a economia real; cada notícia sobre prejuízos e demiss…

Nova queda na BOVESPA.

Imagem
Após fechamento em alta no Pregão de ontem, a BOVESPA fecha em queda de 6,13%. A queda se deve ao fato de os investidores preferirem embolsar aos lucros atentos às novas espectativas de desaceleração da economia mundial. A moeda americana apresentou uma valorização de 0,33% fechando à R$ 2,118.

Bolsa de Valores de São Paulo fecha em alta

Imagem
A BOVESPA fechou em alta o pregão desta terça-feira 04 de novembro, o resultado é atribuído ao dia seguinte da fusão Itaú-Unibanco além dos negócios realizados entre as principais empresas do país e do mundo. O dólar foi fechado em R$ 2,11 com baixa de 2%. As bolsas de Nasdag e Dow Jones até às 16h50min (horário de Brasília) operavam em alta de 2,95% e 3,8%.